quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

A MUSA DO NORDESTE


Ela é diferente de todas as demais que conheci.
Tem um cheiro singular, sui gêneris.
Tem uma beleza própria, tão sua e personalizada que dificilmente se verá em outra.
Tê-la nas mãos então! É por demais gostoso. Fica-se a acariciando, sentindo a pele, deixando que dela venha o aroma natural e que desperta a vontade de mordê-la, literalmente comê-la.
Ela é diferente. Poucas vezes seremos superiores ao grande poder de sedução que dela emana.
É a musa do Nordeste brasileiro.
Ela é diferente. Veja a foto e diga-me se verdadeiramente isto não é verdade.

Parnamirim – RN, 16 de agosto de 2006

Francisco Martins