domingo, 30 de novembro de 2014

NOTA MUSICAL

Ontem,
30 de novembro de 2001,
à 01:30 da tarde,
na cidade de Los Angeles,
aos 58 anos,
morreu o ex-beatle George Harrison,
guitarrista e mais jovem integrante
da maior banda de rock de todos os tempos.
Nascido em 25 de fevereiro de 1943,
era um ano, um mês e uma semana
mais velho do que eu
que nos idos 60
testemunhava Natal ser tomada de beatlemania tupiniquim
e ser denominada de Londres nordestina.

Melo, Paulo de Tarso Correia de. Diário de Natal. Mossoró: Sarau das Letras, 2013. p.51

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

domingo, 23 de novembro de 2014

DOS PORQUÊS

Porque leio.
Porque gosto de brincar sozinho.
...
Porque é um método de não emburrecer.
...
Porque é um álibi social para dependências químicas.
....
Porque é o modo mais curto de aprender a gramática

....

(Fragmentos do texto de Adriano Silva, publicado no livro Da arte de escrever  no Rio Grande do Norte, publicado em 2008)

sábado, 22 de novembro de 2014

AGENDA SEMANAL

Dia 25 de novembro - terça-feira - manhã - Expo Momento do Livro - Escola Júlio Senna - Ceará Mirim.
Dia 26 de novembro - quarta-feira - manhã e tarde - Expo Momento do Livro - Escola Eulina Augusta - Parnamirim.
Dia 27 de novembro - quinta-feira -  manhã e tarde - Palhaço Leiturino - CMEI- Etenize Xavier - Passagem de Areia - Parnamirim. À noite - Mané Beradeiro -  Feira dos Municípios - tenda de Parnamirim.
Dia 28 de novembro - sexta-feira - manhã e tarde - Mané Beradeiro - Feira dos Municípios - Parnamirim.

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

ASSIM DISSERAM ELAS....


“Quem não tem amigo mas tem um livro tem uma estrada.”

Carolina Maria de Jesus

COMENTANDO MINHAS LEITURAS - QUARTO DE DESPEJO

Livro: Quarto de Despejo - Diário de uma favelada
Autora: Carolina Maria de Jesus
Editora: Abril Educação
Gênero: Prosa/ Diário
Leitura: 19 a 21 de novembro 2014

Para quem ama livros como eu, deparar-se com um diário é sempre algo que traz expectativa no processo da leitura.  Cito dois livros: O Diário de Anne Frank e  O Diário de Nina, e hoje, terminei a leitura de QUARTO DE DESPEJO - Diário de uma favelada, um livro que nos faz mergulhar no realismo da favela do Canindé, em São Paulo, nos idos de 1955 a 1959. Quem  escreveu? Uma mulher negra, paupérrima, mãe de três filhos pequenos, sem esposo, que catava papeis para poder trazer o alimento para casa. O que me chama atenção na leitura não é o  sofrimento vivido por Carolina, os filhos e o demais favelados. O que me prendeu nesta leitura foi ver que o conhecimento, adquirido através dos livros, serviu de instrumento de libertação desta mulher. Ela lia e escrevia de madrugada, enquanto as roupas quaravam, quando  estava com fome e não tinha nada para comer. A leitura a fez maior, construiu nela a cidadania sonhada e um dia ela foi descoberta por um repórter que não apenas leu seus cadernos com anotações do diário, mas também publicou na maior revista de circulação nacional da época, O Cruzeiro, e depois em livro: Quarto de Despejo. Carolina não ficou rica, mas conseguiu  sair da favela e deixar seu nome escrito na literatura brasileira. Para saber mais sobre a autora visite os links abaixo:
http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2014/11/1550499-escritora-carolina-maria-de-jesus-viveu-do-caos-ao-caos.shtml
http://oglobo.globo.com/cultura/livros/a-literatura-de-carolina-maria-de-jesus-do-quarto-de-despejo-para-mundo-13843687

http://socialistamorena.cartacapital.com.br/carolina-maria-de-jesus-100-anos-da-autora-do-classico-quarto-de-despejo/

ALGUNS EVENTOS QUE NÃO NOTICIEI POR AQUI

Por motivos diversos, deixei de  atualizar o blog, e embora tenha realizados alguns eventos culturais, ainda assim não fiz o  registro por aqui. Mas, como sei o quando isso é importante tanto para mim quanto aos meus amigos leitores, farei hoje uma sinopse de tudo aquilo que fiz e não postei.

Mané e o grupo do Pensamento Brasileiro
 No dia 6 de novembro, Mané Beradeiro se apresentou para um grupo de 50 pessoas, vindas do Rio de Janeiro, que faz parte do movimento Pensamento Brasileiro. São militares, em sua maioria, reformados, que estudam a cultura brasileira e fazem visitas aos estados. O evento aconteceu na Academia Norte-rio-grandense de letras.
Na sexta-feira à noite, dia 7 de novembro, Mané Beradeiro foi participar do III Luar Cultural do Museu Auta Pinheiro Bezerra, na cidade de Santa Cruz-RN. Uma noite que contou com a presença de bom público e também de excelentes artistas locais, como Hélio Crisanto, Anderson Lima, Adriano Bezerra, Don Itanildo Silva e outros mais.
Mané no Museu Auta Pinheiro


A Escola Municipal José Frazão, zona norte de Natal, também acolheu o poeta Mané Beradeiro, na noite de quinta-feira, dia 13, quando esse se apresentou para os alunos da Educação de Jovens e Adultos - EJA. Foi um momento muito importante, pois os alunos também mostraram suas produções e se deliciaram com os causos e as poesias trazidas por Mané Beradeiro.
Escola José Frazão


Dando continuidade a maratona cultural,  o escritor Francisco Martins teve a alegria de voltar à sua escola primária, Escola Estadual Enéas Cavalcante, em Ceará Mirim-RN, foi mostrar a Exposição Momento do Livro, para o turno matutino, na sexta-feira dia 14  de novembro. Teve sessão de autógrafos nos folhetos.


Francisco e professores do Enéas Cavalcante

Por último, na noite de sexta-feira, 14 de novembro, Francisco Martins, pintou o rosto e se transformou no Palhaço Leiturino e foi fazer o encerramento das atividades  do OANSE, movimento de evangelização das crianças, na Igreja Batista Capim Macio, em Natal-RN.



LANÇAMENTO EM DOSE DUPLA NA PAULINAS LIVRARIA - EM NATAL

Agende-se e vá ao lançamento destes dois livros,  escritos pela prata da casa, as escritoras Salizete Freire  e Luzia Guacira. Uma manhã  com duas mulheres maravilhosas

ESCOLA LEMÍRIO CARDOSO RECEBE EXPOSIÇÃO MOMENTO DO LIVRO

A Escola Municipal Lemírio Cardoso, em Parnamirim, recebeu na tarde de hoje, sexta-feira, o escritor Francisco Martins que foi levar aos alunos a sua experiência com os livros, oportunidade em que levou a Exposição Momento do Livro  2014 - Seis anos de História.

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

ASSIM AGE O MEU DEUS!

Desde quando eu fui convidado para ser o patrono da biblioteca da Escola  Municipal Jornalista  Rubens Lemos, em Parnamirim-RN, que foram agendados três datas para a inauguração e nenhuma deu certo, sempre o mesmo motivo. A última data deveria ser 14 de novembro próximo  e ontem à noite, depois de colocar o convite nas redes sociais e convidar amigos por e-mails soube que não seria possível haver a inauguração. O motivo sempre o mesmo: não foi feita a placa de inauguração e não seria feita.  Fiquei triste. Pensei e tomei a decisão que declinaria da homenagem frente a este problema administrativo. Cheguei até mesmo a postar na página do meu facebook:
Aos amigos e amigas que viram por aqui o convite para a inauguração de uma biblioteca com o meu nome, no dia 14 de novembro próximo, informo que por motivos administrativos da Secretaria de Educação e Cultura de Parnamirim o evento foi suspenso, e eu, declinei da homenagem. Obrigado a todos, principalmente ao corpo docente e discente da Escola Municipal Jornalista Rubens Lemos. Sem mágoas! Meu coração não nutre esse sentimento.
À tarde fui procurado por Joana e Rose, respectivamente Mediadora de Leitura e Coordenadora Pedagógica da referida escola, que vieram a minha casa conversar comigo sobre a situação e dizer que não abrem mão de fazer esta homenagem a mim. Que eu pensasse e  visse a possibilidade de remarcar uma outra data, na qual a inauguração aconteceria com ou sem a placa. Neste momento Deus estava trabalhando, como sempre, cuidando da minha vida, contornando meus problemas. Pois de manhã, logo cedo disse a Ele: - Senhor toma conta disso. O que eu podia fazer fiz. Não tenho poder para ir mais além! Li o Salmo 37, principalmente os versículos 4 a 7:
Agrada-te do Senhor, e ele satisfará os desejos do teu coração. Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais ele fará. Fará sobressair a tua justiça como a luz e o teu direito, como o sol ao meio dia. Descansa no Senhor e espera nele.
Ontem,  o Pastor Marco Lianza,  nos ensinou no púlpito que devemos agradecer pelo que Deus nos deu e também pelo que não permitiu nos ter dado. E assim o fiz! Resultado: Quando liguei para Angélica avisando sobre a visita e que uma nova data havia sido agendada para a inauguração da Biblioteca em 5 de dezembro de 2014, às 14:30 h, ela imediatamente sugeriu que o lançamento do meu livro também fosse nesta mesma tarde e local, após a inauguração da Biblioteca, pois não mais seria possível no dia 10 de dezembro como havia pensado.
Deus estava trabalhando, movendo pedras, abrindo mares, derrubando gigantes para que tudo seja como ele determinou.
Desta forma ficou então acertado que a inauguração da Biblioteca Francisco Martins  e o lançamento do livro Seis Faces de Encanto vai acontecer num único dia, 5 de dezembro de 2014, na Escola Estadual Rubens Lemos, exatamente uma dia após a data em que completo 10 anos do lançamento do meu primeiro livro.
Assim age o meu Deus!

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

ANL ENTREGA PRÊMIOS E MENÇÕES HONROSAS

Ontem à noite, às 18 h, o Presidente da Academia Norte rio-grandense de Letras, Diógenes da Cunha Lima, entregou os prêmios e as menções honrosas aos participantes do Concurso Literário promovido pela ANL. O evento foi no salão nobre e contou com a presença dos estudantes, familiares, diretores, professores, acadêmicos e amigos.  Para saber os ganhadores clique no link abaixo.

conheça os ganhadores















BREVE LANÇAMENTOS DO LIVRO QUE CONTEM AS OBRAS REUNIDAS DE FRANCISCO MARTINS

Dia 10 de dezembro - Parnamirim ( local e horário a ser definido)
Dia 13 de dezembro - Mossoró - no Sêbado Cultural

O livro contem as obras já publicas: Contos da Nossa Terra, Degustando Poesia, Crônicas Sensoriais e Mané Beradeiro em Causos e Poesias, além dos dois inéditos: Feira de Folhetos e Crônica da Saudade.

terça-feira, 4 de novembro de 2014

60 ANOS DO DICIONÁRIO DO FOLCLORE BRASILEIRO


IMORTAIS DA ANL VOTAM HOJE PARA ESCOLHER NOVO ACADÊMICO

Pery Lamartine 1926-2014
A Academia Norte-rio-grandense de Letras - ANL vai escolher hoje, em sessão extraordinária, o nome do escritor ou escritora que preencherá a vaga da cadeira 33, antes ocupada por Pery Lamartine. Após a publicação do edital duas pessoas se escreveram: Carlos Gomes Miranda e Naide Gouveia.
A escolha acontecerá por votação secreta, em sessão fechada, com a participação dos acadêmicos empossados. A cadeira 33 tem como patrono o músico Tonheca Dantas e seu primeiro ocupante foi o musicólogo Oswaldo de Souza. Pery foi o segundo, eleito em 15 de julho de 1997 e empossado no dia 24 de abril de 2000. Fez parte da ANL por 17 anos, até seu encantamento em 2014, aos 88 anos de vida.

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

AGENDA DA 1ª QUINZENA DE NOVEMBRO

Dia 6 - quinta feira - manhã e tarde - Expô Momento do Livro - 6 anos de história - Escola Raimunda Maria - Pium - Parnamirim.

Dia 6 - quinta-feira - 16 h - Mané Beradeiro - Prosa Poética - Grupo do Rio de Janeiro de  Estudiosos da Cultura, que visita a Academia Norte-rio-grandense de Letras.

Dia 7 - sexta-feira - Expô Momento do Livro - manhã e tarde - Escola Cícero Melo - Parnamirim.

Dia 7 - sexta- feira - 19 h - Mané Beradeiro - III  Luar Cultural do Museu Auta Pinheiro Bezerra - Santa Cruz-RN.

Dia 8 - sábado - 18:30 h - Palhaço Leiturino - Igreja Cristã Pentecostal - São Gonçalo do Amarante.

Dia 13 - quinta-feira - 19 h - Mané Beradeiro - Escola Frazão - Zona Norte - Natal.

Dia 14 - sexta-feira - 8 h - Expô Momento do Livro - 6 anos de história -  Escola Estadual Eneas Cavalcanti - Ceará Mirim - RN.

SERTÃO PRESENTE - JARDIM DO SERIDÓ

Viajei na sexta-feira última para a cidade de Jardim do Seridó-RN, onde fiquei sábado e domingo, participando do grupo que foi até ali realizar a Missão Sertão Presente, um projeto missionário que tem a frente o Junior Firmino. Foram dois ônibus que saíram de Natal com destino a Jardim do Seridó. Durante a nossa estada naquela cidade fizemos evangelização, levamos cultura e diversão. Cada um deu sua parcela de contribuição a serviço do Reino de Deus. Retornamos no domingo à tarde.









RESULTADO DO CONCURSO ESTADUAL REALIZADO PELA ANL



CONCURSO “O FUNDADOR”

TRABALHO VENCEDOR:
 “Luís da Câmara Cascudo e a Identidade Nacional: o Homem, o Folclore e os Símbolos”
Aluna: Victória Rincon M. M. Crespo
Colégio: CEI – Centro de Educação Integrada Ltda.
Orientadora: Patrícia Nascimento de Souza

MENÇÕES HONROSAS:
- “Bem vindos a Natal – a terra onde nasceu Câmara Cascudo”
Aluno: Fídias Augusto Cavalcanti Marques Peixoto Freire
Colégio: CEI – Centro de Educação Integrada Ltda.
Orientadora: Suerbene Paulino

- “Um Provinciano Incurável, uma obra densa e uma alma brasileira”
Aluna: Beatriz Cunha Freire.
Colégio: CEI – Centro de Educação Integrada Ltda.
Orientadora: Joanna Pires

- “Um Brasil chamado Cascudo”
Aluna: Natalie Melo de Oliveira.
Colégio: Colégio Estadual Padre Miguelino
Orientadora: Maria Aparecida de A. Rego

- “Câmara Cascudo e os Pilares da Cultura Brasileira”
Aluna: Daniela de Lucena Mota
Colégio: CEI – Centro de Educação Integrada Ltda.
Orientadora: Maria Suerbene Paulino Pereira

MENÇÃO ESPECIAL:
O conto “Fulnério das Dores”
Aluna: Emilly Maria Tinôco de Macedo.
Colégio: Centro de Aperfeiçoamento de Língua e Linguagem - CALL
Orientadora: Ana Cláudia Duarte

Os prêmios  e os certificados serão entregues amanhã, 4 de novembro, à tarde, no salão nobre da Academia Norte-rio-grandense de Letras.

domingo, 2 de novembro de 2014

CAMPO SANTO

De Maria Leda Maciel

Lages frias inanimadas,
Túmulos vazios,
Vidas acabadas,
Ausência de respiração.
Não se ouve sequer
O bater de um coração.
Matérias consumadas,
Restos de lembranças,
Fortunas sem valia,
Pó,
Fragmentos do passado
Nos ossos corroídos.
O que foi vida é morte,
Tudo findo,
Tudo acabado.

Referência

MACIEL, Maria Leda.  O verso e o (re)verso. Ed do autor. Natal, 2010, p. 342.

ASSIM DISSERAM ELES ...

"A morte não extingue, transforma; não aniquila, renova; não divorcia, aproxima"

Ruy Barbosa

O HUMOR DE MANÉ BERADEIRO - DIA DE FINADOS

Negócio besta é morrer! Mas é preciso. Morremos todos os dias, desde quando nascemos. E para culminar a celebração dos que já partiram, já bateram  a caçoleta, apagaram o pavio, deu o último suspiro, inventaram O DIA DE FINADOS. Você já notou que há diferença entre a morte de uma pessoa pobre e de uma rica? Pois se não notou saiba que há. Entre elas podemos citar até mesmo a forma do badalar do sino da igreja. Quando morre um pobre o sino toca assim: TE DANA! TE DANA! TE DANA!.  Agora, se foi um rico, o mesmo sino já toca diferente, a badala é  assim: TADINHO! TADINHO! TADINHO!.

sábado, 1 de novembro de 2014

ASSIM DISSERAM ELES ....

"Nossos mortos estão sepultados em nós, mas preferimos visitá-los no cemitério"

Carlos Drumonnd de Andrade


Andrade, Carlos Drumonnd de. O avesso das coisas - aforismos. Rio de Janeiro: Record, 1987. p.29