sábado, 16 de abril de 2011

MENTIRA. Pela colaboradora: Ceicinha Câmara

Imagem de Ceicinha Câmara

É MUITO MAIS FÁCIL DIZER UMA MENTIRA DO QUE A VERDADE! PODE INCOMODAR QUEM A OUVE E ATÉ NÓS MESMOS, AINDA ASSIM, MENTIMOS! PARA MUITOS, TORNA-SE UMA ESPÉCIE DE CONFORTO E QUASE TODO O TIPO DE ACONTECIMENTOS NOS ALICIA A MENTIR, PORQUE MENTIR É SIMPLES! E TODOS NÓS JÁ MENTIMOS UM DIA! QUEM DISSER QUE NÃO MENTIU, ESTÁ A MENTIR OUTRA VEZ! EU JÁ MENTI! E VOCÊ? LEIA ESTA MINHA POESIA E SE POSSÍVEL DEIXE SEU COMENTÁRIO QUE EU E O FRANCISCO MARTINS FICAREMOS FELIZES! (Ceicinha Câmara).


MENTIRA


Muita gente mente!

À todoa hora... Durante o dia...

Para ser sobrevivente

Numa sociedade cheia de ousadia.


O mundo é dominado pela MENTIRA.

Vai além da verbalização.

Nos transmite muita ira,

Que as vezes choca o coração.


Muitos acham que é espertismo

Deixando-se vergar pela hipocrisia.

Mas, pagam caro pelo cinismo,

Um preço alto pela ousadia.


Até eu já me prejudiquei

Por causa da MENTIRA!

Não adiantou esconder, pois se desfez!

Modificou minha vida!


Mentimos sem razão,

Outras vezes por paixão

Ou por querer atenção.

Mas, é pura ilusão!


Ceicinha Câmara

Poesia feita em 27 de Novembro de 2007.

Vila do Bispo - Portugal.