quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

COMENTANDO MINHAS LEITURAS 11/2010


Livro: Nós sofre, mas nós glosa
Autor: Augusto Macedo
Editora Clima - 1987 - 60 páginas
Leitura: 10.02.10

Foi em maio de 1987 que Carlos Lima, leia-se CLIMA, editou o pequeno livro de bolso "NÓS SOFRE, MAS NÓS GLOSA".
Augusto Macedo, poeta que veio lá de Santana do Matos estreiava na literatura com esse primeiro livro. Glosa é a poesia que tem como arte desenvolver o pensamento do mote. O mote geralmente é oferecido por alguém, no sentido de elogiar, criticar ou fazer uma análise da pessoa.

Veja o exemplo:
Mote: Quem casa e mora com sogra tem sarna pra se coçar.

Glosa: Depois de feita a manobra não há jeito que dê jeito, tem tudo que é defeito quem casa e mora com sogra.
É sofrimento de sobra mas ninguém pode evitar, o jeito é se conformar quem nasceu com essa sorte, até na hora da morte tem sarna pra se coçar. (página 21)
É um livro cheio de glosas líricas, satíricas e fesceninas.