sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

INAUGURADA HOJE A BIBLIOTECA ESCOLAR FRANCISCO MARTINS, NA ESCOLA RUBENS LEMOS

Hoje, 5 de dezembro de 2014 foi inaugurada a Biblioteca Escolar Francisco Martins, na Escola Municipal Jornalista Rubens Lemos, bairro Emáus, em Parnamirim-RN. Foi uma tarde inesquecível em minha vida. Fiz emocionado, o seguinte discurso: Nei Leandro de Castro diz que: "escrever é um ato de amor. É preciso, antes de tudo, amar as palavras por um longo tempo, conviver com elas desde muito cedo, como se convive com o amor materno, o amor paterno, o amor entre casais".¹ Creio nessas palavras. Hoje, 5 de dezembro de 2014, tenho a alegria de assinalar com familiares, amigos, colegas, professores e alunos 10 anos do lançamento do meu primeiro livro, que foi dia 4 de dezembro de 2004, em Ceará Mirim. Ligo a este evento, os 6 anos do projeto Momento do Livro, em outubro próximo passado, e meus 50 anos de vida, em 6 de julho. Chego a metade de um século trazendo na alma algumas cicatrizes, no corpo mudanças, na mente e no coração muito desejo de servir e ser instrumento de paz e cultura. Recebo hoje uma grande homenagem: Patrono da Biblioteca Escolar Rubens Lemos. Não sei dizer o quanto estou feliz por isso, muito, muito feliz! Venho trazendo nas mãos seis encantos, cada um com uma face, cada face com um livro e todos juntos tem a capacidade de revelar ao leitor quem é Francisco Martins. Agradeço o Escritor maior. Deus! Aos meus pais (In memorian), aos irmãos. A Nevinha, a primeira professora. A todas as escolas, professores e alunos que nestes 6 anos acolheram o projeto Momento do Livro. Agradeço aos amigos, companheiros de trabalho do mais lindo e real projeto, que funciona e transforma vidas: Parnamirim - um rio que flui para o mar da leitura. Mas, não posso terminar sem externar minha infinita gratidão por você Sandra Pimentel, sem você eu sou apenas uma frase. Com você conjugo viver, amar, existir... Torno-me oração!
Muito obrigado.

Referência

1 VÁRIOS. Da arte de escrever no Rio Grande do Norte. In:  O ato de escrever, Nei Leandro de Castro, p. 39, 2008.