terça-feira, 6 de janeiro de 2015

O HUMOR DE MANÉ BERADEIRO

Chico Martins, meu avô materno, contava uma história hilária, entre tantas outras. Essa era assim: Um fazendeiro da região de Patu-RN passeando pelas suas terras para diante de um casebre dos seus moradores e vê um menino sozinho sentado no terreiro da casa, brincando com um curral de ossos ( 1917). O fazendeiro sabendo que o pai daquela criança estava doente pergunta:
-Como vai o seu pai?
A resposta
-Inda tá doente patrão!
-Nenhuma melhora?
-Piorou!
-Como assim?
-Papai deitado, Carrola inchada e mamãe puxando!

Traduzindo a última frase:
papai deitado -> o pai dele continuava com febre
Carrola inchada-> Era a sua irmã que estava com papeira
Mamãe puxando ->  estava com gripe acentuada.