sábado, 24 de dezembro de 2011

MINHAS LEITURAS 007/2011

 Livro: Actas Diurnas
Autor: Câmara Cascudo
Estilo: Crônicas
Edição Novo Jornal e Instituto Ludovicus
Natal 2011
Páginas: 192
Leitura: 20 de novembro 2011

Mais de 60 crônicas escolhidas e selecionadas pelo jornalista Franklin Jorge, homem que visitou durante muitos anos a Casa de Câmara Cascudo, compõem o corpo do livro acima.´ Lê-lo é ter um encontro com a história do Rio Grande do Norte,  com figuras  do povo e ilustre de nossa capital. É mergulhar  num tempo que as palavras  guardam com muito carinho. Palavras que foram uma a uma datilografadas por Câmara Cascudo. Livro de pesquisa, de respostas e de prosa poética. Nas palavras do próprio Franklin Jorge: Enriquece Luís da Câmara Cascudo nossas vidas com a magia e o mistério de outras vidas, sem recair jamais na retórica banal ou no servilismo convencional e corriqueiro, característicos dos agrupamentos enquistados, ao dar relevo a peculiaridades psicológicas, temperamentais e espirituais de todos aqueles que despertaram a sua atenção e que em um lapso de tempo marcaram a vida de Natal, compondo o tecido social e cultural de que se fizeram representantes ou representativos de uma sociedade e de uma época em franca transição para a modernidade. Assim, convivem em seu texto do empreendedor ao homem do povo anônimo e tenaz, o intelectual e o político, o artista e o visionário, o industrial e o filantropo, o inovador e o serviçal do hábito que por seus atos ou pela memória de seus atos se fizeram imprimir em seu imaginário afetivo.

 Eis o livro que havia muito se fazia esperar