segunda-feira, 19 de março de 2012

MINHAS LEITURAS 007/2012

Livro: A Morte do Pescador
Autor: Mário Gerson
Editora: Queima Bucha/Jornal Plural
Ano: 2008
Página: 60
Leitura: 18 de março de 2012

Quando o Acadêmico Manoel Onofre Junior fala sobre a obra de um escritor, o leitor pode mergulhar sem medo na leitura, que certamente ele terá um encontro com um texto bem produzido e uma obra encantadora. Foi assim que na tarde de ontem, domingo, eu tive a oportunidade de me deleitar com a vida de Jorge Jiménez, sua esposa Rita, seus dois filhos  Murilo e Marquito, além de conhecer também Frederico Batista, Rosalina e Rosalita e o Juan Bolina. Com nomes tão distantes dos nossos tradicionais João, Maria e José, o escritor Mário Gerson (Mossoró-RN), nos leva a uma  vila de pescadores e em 60 páginas conta com muito esmero e leveza os últimos 6 anos da vida de Jorge Jiménez. É uma novela para ser lida de um só fôlego, sem querer soltar o livro. Parabéns ao autor e parafraseando Lívio Oliveira, digo que me deixei ser pescado por Mário Gerson. Para curiosidades dos leitores, até pedi ao Mané Beradeiro, poeta e cordelista, que em nove estrofes falasse um pouco sobre o livro, o que ele protamente me atendeu. Leiam acima.