sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

UM ROMANCE QUASE CINQUENTÃO

Quarenta  e seis anos tem este livro, ele faz parte da segunda edição do maior romance de Jorge Amado, "Dona Flor e seus dois maridos", cuja primeira edição foi publicada em 1966. Foi andando pelos sebos de Natal que consegui encontrar esta pérola. O livro apresenta-se em bom estado de conservação. O histórico me diz que seu primeiro dono foi  Clodoaldo de Carvalho, e a aquisição se deu em Natal no dia 29 de setembro de 1967.
Fico imaginando quantas pessoas pegaram neste livro, o leram, folhearam, e destas, quantas ainda estarão vivas? São perguntas que não poderei ter respostas, mas fascina-me saber que foram precisos quarenta e seis anos para eu tê-lo em minhas mãos.
Neste final de ano, estou aproveitando e relendo "Dona Flor e seus dois maridos",  neste livro que tem quase a minha idade. Ele há de me mostrar uma nova leitura daquela que eu fiz na minha juventude. Os livros, os bons livros tem sempre esta magia.