segunda-feira, 13 de outubro de 2014

PARABÉNS A ANNA MARIA CASCUDO

O cordelista  Marciano Medeiros, no folheto "Câmara Cascudo: arquiteto da alma nacional", ediçao 2013, página 20 fez o seguinte verso:

Chegou treze de outubro
no ano de trinta e seis,
quando a filha do casal
foi quem nasceu desta vez:
Anna Maria Cascudo,
ganhou sorriso cortês.

Então, hoje é dia de parabenizar a escritora Anna Maria Cascudo Barreto, mulher de fibra forte, que ao longo de sua vida sabe administrar o patrimônio cultural deixado pelo seu pai, Luis da Câmara Cascudo, sem deixar de cultivar e manter o brilho da sua própria produção literária. Anna Maria Cascudo Barreto não se fez no mundo da literatura por ser filha de quem é, mas porque  buscou, encontrou  e fez seu próprio caminho. Mulher sábia, amante das artes e dos livros, membro de várias entidades culturais, presidente do Ludovicus Instituto Câmara Cascudo http://www.cascudo.org.br/, secretária geral da Academia Norte-Rio-Grandense de Letras e membro do Conselho Estadual de Cultura do Rio Grande do Norte. A ela  nossos parabéns e votos de felicidades.