domingo, 2 de fevereiro de 2014

UM ESPAÇO CULTURAL QUE VIVE EM FUNÇÃO DA ARTE E PELO POVO DE BARRA DO CUNHAÚ

Um grupo de homens e mulheres, com um só objetivo, resgatar a cidadania no seu mais amplo sentido,  há muito tempo perdida pelos habitantes de Barra do Cunhaú, distrito litorâneo de Canguaretama-RN, e formar crianças e jovens com a conscientização de seus direitos e deveres, é esta a meta dos que formam e fazem o Espaço Cultural Barra do Cunhaú, que tive a felicidade de conhecer ontem, sábado, quando pela primeira vez me apresentei  lá, com o meu personagem Mané Beradeiro, na abertura do IX Festival de Cultura Popular
Localizado num alto, defronte para o rio e o mar, o Espaço Cultural realiza o festival sem nenhuma ajuda do poder público, mas nem por isso deixa de fazê-lo. É a própria comunidade que através de doações ( lanche, cadeiras, etc) faz a coisa acontecer de forma maravilhosa e poderosa.
A  comunidade sabe que pode contar com aquele espaço, tem prazer em contribuir, pois é testemunha de que tudo o que nele se produz é voltado para a própria comunidade. Confesso que ao longo destes 6 anos de atividades culturais nunca tinha visto algo assim, tão participante, tão envolvente.
Tendo a frente o idealizador do Espaço Cultural Eduardo Jorge, o local oferece também momentos de lazer às crianças. É um pedaço da  arte neste imenso globo cultural.
À noite, Mané Beradeiro deu sua parcela de contribuição, levando poesia, cordel, causos e alegria para o público presente. Espero voltar em outra oportunidade e mais uma vez ter um encontro com este povo que sabe da força da sua união. Parabéns a todos que fazem o Espaço Cultural Barra do Cunhaú.