segunda-feira, 18 de agosto de 2014

COMENTANDO MINHAS LEITURAS - VILA SOLEDADE

Título: Vila Soledade
Autora: Maria Crinaura Dantas Cavalcanti
Gêneros:  memórias, crônicas
Editora: Jovens Escribas, selo Bons Costumes.
Ano: 2013
Páginas: 82
Data da leitura:  15 de agosto 2014
Data do lançamento: 20 de maio de 2014

Sempre que leio um livro sobre memórias, tenho o máximo cuidado de descobrir o que o autor sente ao narrar os fatos. É  algo que vai além das palavras escritas e que muitas vezes está oculto entre linhas, numa imagem, ou então dentro de uma frase. Memórias são vidas, são sentimentos, são células de uma história. Não foi diferente com a leitura de "Vila Soledade", onde Maria Crinaura Dantas Cavalcanti nos abre um álbum de doze páginas e nos mostra  as imagens  da sua infância.  Todas as crônicas tem a cor do reencontro, o sabor das frutas guardadas na despensa, o cheiro do caramanchão, sem deixar de falar na beleza aristocrática que fazia daquela casa um lugar singular à autora, que tinha a nobre missão de através de uma das suas janelas "pastorear" as nuvens. Eis um livro, pequeno em número de páginas, mas imensamente grande na sensibilidade e resgate de valores, tradição e costumes. Meu muito obrigado a amiga Ana Betânia R. de Morais que me presenteou com este livro.