segunda-feira, 9 de maio de 2016

RELATOS DE UMA DOR CORONÁRIA

Leiturino com as crianças do Jussier Santos

 Segunda feira, 2 de maio eu estava atendendo a minha agenda cultural fazendo show do Palhaço Leiturino, na Escola Municipal Jussier Santos, em Parnamirim. Deveriam ser duas apresentações, uma pela manhã e a outra à tarde, mas infelizmente, a do turno vespertino não pude realizar, pois por volta das 11 h comecei a sentir sinais de um infarte, o que realmente aconteceu. Fui internado, fiz a cirurgia de cateterismo na sexta-feira pela manhã e o resultado da mesma pediu a outra cirurgia: angioplastia, que dar-se-á na próxima quinta, às 12 h.  As horas vividas no leito 1 da UPA/Parnamirim foram também um tempo de pensar e escrever. Como por exemplo a poesia abaixo:

Vi que durante este período de 2 a 7 de maio muitas pessoas enviaram pelas redes sociais mensagens de solidariedade à minha dor. Pensei em Mané Beradeiro e Leiturino apresentando seus pareceres sobre o que aconteceu comigo, e assim nasceram os textos que estão publicados neste blog, conforme o link abaixo: FRACO CORAÇÃO.
A postagem acima só foi possível graças a Bete Rodrigues, que teve a paciência de receber as minhas instruções pelo whatsapp e com muita competência fez a edição e publicação do texto. Sou muito grata a Bete Rodrigues. 
E para agradecer a todos escrevi também 

MEUS AGRADECIMENTOS
Eu não sabia que amava tanto e que tão rico sou de amigos e amigas. No leito 1 todos vocês estiveram comigo.
As muitas furadas que levei fizeram-me lembrar que a vida nos fere, mas os amigos, os verdadeiros se doaram ao meu sofrimento por palavras, gestos, orações e presenças. O Senhor não me desamparou e é hora de agradecer seu amor que foi nitidamente comprovado por Sandra Pimentel, Vandilma Oliveira e Angélica Vitalino, três mulheres com quem adquiri uma dívida imensa. Obrigado aos familiares e a todos que através das redes sociais estiveram comigo.
Meu corpo nunca mais será o mesmo. Não poderei dividi-lo tanto. O coração, órgão que marca o compasso da existência irá reaprender a bater.

Quinta feira estarei fazendo angioplastia e depois é seguir as orientações médicas e viver com vocês, meus amigos.
Abraços

Por enquanto é isso. Vamos aguardar o caminhar da vida.