terça-feira, 14 de novembro de 2017

COMENTANDO MINHAS LEITURAS EM CORDEL: A LUTA DE UM CAVALEIRO CONTRA O BRUXO FEITICEIRO

Título:  A luta de um cavaleiro contra o bruxo feiticeiro
Autor: João Gomes de Sá
Editora: Luzeiro - São Paulo, 1995
Edição:2007
Tema: Bravura e encantamento
Estrofes: 170, no estilo septilhas, 1190 versos.
Rima: xaxabba
Leitura: 13 e 14 de novembro de 2017.


João Gomes de Sá, alagoano, residente em São Paulo-SP, constrói um romance de cordel cheio de cenas poéticas, como se espera de um poeta desta grandeza. Transporta o leitor ao Vale do Caatingueiro, onde Josué, o herói da narrativa vai travar uma luta hercúlea, tirana e digna de  imagens épicas, cheia de cores que fascinam o leitor de uma estrofe a outra. A grande lição do romance é que o bem triunfa sobre o mal, e que na conquista desse objetivo  não devemos renegar a ajuda dos mais pequeninos.  Quando folheamos e corremos nosso olhar na história de Josué, vamos entrando num reino encantado, não apenas de bruxo, mas também de mago, cavalo alado, bola de cristal, etc. É um cordel merecedor de ser lido por qualquer faixa etária. Ao lê-lo tive  em alguns momentos a sensação de voltar à infância, onde à noite ouvia algumas histórias de trancoso com cenas que também estão presentes neste  romance. Senti a falta do crédito ao autor da capa. Não há registro sobre quem fez. E, na abertura do texto, página 3, no título erraram na digitação, escreveram feiteceiro, quando devia ser feiticeiro


Mané Beradeiro