sábado, 25 de novembro de 2017

UMA NATAL BEM DIFERENTE DA QUE VIVEMOS HOJE

Adriano Vendonck, esteve em Natal, por volta dos anos 1630/31 e assim descreveu  a cidade: "tem cerca de trinta  quarenta casas de palha e barro; mas os habitantes mais abastados dos arredores vivem habitualmente nos seus sítios e vem apenas à cidade nos domingos e dias santificados para ouvir missa; os habitantes de toda esta jurisdição, num raio de seis a nove milhas, não excedem 120 a 130 homens, na maioria camponeses ignorantes e grosseirões"


Referência
COSTA, Américo de Oliveira. Viagem ao Universo de Câmara Cascudo. Fundação José Augusto, Natal: 1969, página 32.