sábado, 25 de janeiro de 2014

COMENTANDO MINHAS LEITURAS - BARRO BLANCO

De José Mauro Vasconcelos eu já conhecia o mais famoso dos seus livros "O Meu Pé de Laranja Lima" que li na minha infância e me cativou de forma definitiva. Mas, fazendo uma pesquisa sobre o autor descobri que ele teve uma vasta produção literária e li nos dias 30  a 31 de dezembro de 2013 o "BARRO BLANCO", um romance escrito em 1945, com 232 páginas, o segundo na sua linha de produção. A obra trata da história de Chicão, um nordestino que conhece bem o sertão e o mar. O palco desta história é a cidade de Macau-RN, e como o próprio autor explica trata também da seca, do sal e de outras grandes misérias do Rio Grande do Norte.  São ao todo 18 capítulos divididos em duas partes: Terra Seca e Barro Blanco. O título faz referência a forma como o personagem Dom Miguel, espanhol,  chama as pirâmides de sal.  Gostei do livro como um todo, mas principalmente do capítulo 2, no qual o autor descreve de forma belíssima e cheia de riquezas de imagens a relação entre Chicão e Joaninha, onde há ciúmes, ódio e amor. Da mesma forma chamo atenção para o capítulo 4, que trata uma disputa de quebra de braço entre Chicão e Fabiano, em plena feira livre de Macau.