quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

HUMOR DE MANÉ BERADEIRO - PAULO AFONSO

No dia 15 de janeiro de 1955 entrava em funcionamento a hidrelétrica de Paulo Afonso, no Rio São Francisco.É de lá quem vem a energia que abastece o Rio Grande do Norte. Isto me faz lembrar um causo que tem como título GRÁVIDA DE PAULO AFONSO, a história foi mais ou menos assim: Doutor Carlos Mesquita, ginecologista, atende em seu consultório, em Macaíba, um compadre eleitor que veio trazendo a filha que estava sentindo umas coisas esquisitas.
Tão logo Dr. Carlos conversa com a jovem já tem plena certeza que pelos sintomas apresentados ela está grávida.
--Sua filha está grávida. Diz o médico.
--Que isso doutô! Tá não. Rebate o pai, em uma simplicidade de homem campesino.
E a filha confirma que não está buchuda coisa nenhuma. Ela até assegura que nem namorado possui. Dr. Carlos escuta e depois pergunta:
--Então diga-me como foi que sua barriga começou a crescer?
--Doutô tudo isto aconteceu depois que chegou essa tal de energia, lá em Macaíba, eu estava engomando e de repente levei um choque e comecei a enjoar.
Boa resposta a da jovem, jogando a culpa na instalação da luz elétrica que acabara de chegar na terra de Auta de Souza. Assim sendo, Dr. Carlos não teve outra saída senão contribuir com aquele quadro, e assim o fez falando ao pai da moça:
--Vá falar com o Dr. Benedito Jenkis, engenheiro da Força e Luz, porque a menina está grávida de Paulo Afonso.
--E quem é esse danado de Paulo Afonso? Quis saber o pai.
--É o responsável pelo choque que ela levou e, consequentemente, é o pai da criança.
--Pia, pai, a maior! Eu engravidei de um choque...também ninguém sabia que essa luz nova era tão perigosa assim!.