quarta-feira, 16 de novembro de 2016

ASSALTANTE PARTICULAR



Nada de professor particular , de médico,  de personal trainer. O que  nós precisamos na verdade, em caráter de urgência, é de um assaltante particular. Isso mesmo, alguém que esteja sempre perto da gente, armado, mas, a certa distância, para não parecer que o conhecemos. Preferencialmente que este assaltante particular tenha um metro e oitenta, pese uns  cento e quarenta quilos, seja forte,  e , muito importante, capaz de saber se defender dos assaltantes não particulares, defender tanto a ele, quanto a nós, o seu contratante.
                O assaltante particular não vai ser um vagabundo qualquer, ele terá instrução de arma de fogo, será cortês na hora de assaltar,  fará um registro profissional junto  ao Ministério do Trabalho  e também será monitorado pela OAB e Polícia Federal.  Ele atua quando sentir que o seu cliente está próximo de ser assaltado pelo bandido comum. Isso vai intimidar a concorrência e o que é melhor, tudo que ele assaltar irá ser devolvido  na próxima esquina. Gostou da ideia? Vamos lutar pela regularização desta profissão. Afinal não podemos mais suportar cenas como a que me foi contada por uma amiga. Ela foi assaltada em Parnamirim-RN e saiu totalmente desorientada pela  rua. Poucos minutos depois outro meliante a abordou e anunciou o assalto. Ela disse que tinha acabado de ser assaltada e nada tinha para entregar. Veja só o comentário do assaltante: -Nossa, Parnamirim ta insuportável, não!
 Francisco Martins 16 novembro 2016