segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

O RN PERDE DORIAN GRAY CALDAS

A cadeira 9 da Academia Norte-rio-grandense de Letras está vazia. Faleceu na tarde de hoje o seu quinto ocupante, Dorian Gray Caldas, nascido em Natal-RN, no dia 16 de fevereiro de 1930. Tinha 86 anos. Foi eleito para a ANL no dia 10 de outubro de 1984 e tomou posse  em 26 de setembro de 1986,  tendo sido saudado por Diogenes da Cunha Lima. Dorian Gray Caldas foi pintor, tapeceiro, escultor, gravador, poeta, ensaísta, jornalista, professor, tradutor e ilustrador.
São dele os versos abaixo:

Não lamento o que não tive, ou que não tenho;
por mim passou. Os campos continuam claros,
neles debruço-me para colher os frutos
que homens e mulheres obscuras herdaram

***

Tudo amei.
Com este amor de fúria
e de paixão. Tudo amei.

***

Nasci, vivi, morri
muitas vezes. Dividi-me
em muitos, multipliquei-me
em tantos.