quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

VAI LONGE ESTE TEMPO


"Ração de cavalo é milho, de cantador é dinheiro, de homem que faz gosto a macho eu só conheço barbeiro, que esfrega o freguês na cara, passa pente e bota cheiro"