sexta-feira, 4 de março de 2016

A CRISE ATUAL E O AUMENTO DO SELO

O  Cordel tem uma força que dificilmente se encontra em outra poesia. Veja o exemplo que podemos  colher na leitura do folheto "A Crise atual e o aumento do selo", de Leandro Gomes de Barros. Até parece que a problemática econômica e social vivida pelo Brasil em 1915 permanece , guardada as devidas proporções, a mesma que passamos em pleno Século XXI,  101 anos depois do registro feito pelo poeta.





Referência
BATISTA, Sebastião Nunes. Antologia da Literatura de Cordel. Natal: Fundação José Augusto, 1977. p.273-277.