segunda-feira, 21 de maio de 2012

ROGER MELLO EM NATAL 4ª FEIRA PRÓXIMA


O escritor Roger Melo estará em Natal na próxima 4 feira, pela manhã, no CEMURE, na Av. Coronel Estevam, bairro de Nazaré, em Natal, participando de um encontro com crianças e professores, no horário das 8 às 11 hs.
 
Ilustrador e autor de livros infantis, Roger Mello nasceu em Brasília, em 20 de novembro de 1965, e vem se destacando como um dos nomes mais aclamados pela crítica e pelo público. Suas cores fortes e quentes preenchem traços carregados de dramaticidade e espírito lúdico, emprestando às obras de outros escritores um clima marcadamente brasileiro e festeiro. Esse também é tempero essencial de muitos de seus livros, escrevendo principalmente recontos de lendas e histórias do folclore, revelando nuanças da alma e dos feitos do povo. 
 Artista plástico, Roger Mello é formado em Desenho Industrial e Programação Visual, pela UERJ. No inicío de sua carreira, trabalhou ao lado de Ziraldo, na Zappin, e também se dedicou ao desenho animado: cursos no SENAC, na UERJ e no grupo Animation, com a equipe do National Film Board, do Canadá. Na televisão, fez as vinhetas de encerramento da novela Vamp, para a TV Globo, além de diversas participações na TV Educativa do Rio de Janeiro, nos programas Canta Conto e Um salto para o futuro.

Em 2000, Maria Teresa foi destaque na estréia da série Livros Animados, do canal Futura, ao lado de Vitor e o jacaré de Mariana Massarani. A Fundação Nacional do Livro Infanto-Juvenil, que apóia o projeto, foi a responsável pela seleção de 20 obras para a realização de 10 programas que transpõem histórias de autores brasileiros para a televisão, através da animação por computador, respeitando as ilustrações originais.

Sendo um dos artistas mais requisitados do Brasil, Roger Mello tem conquistado diversos prêmios por seus trabalhos como ilustrador, autor de livros de imagem e livros para criança, e também como dramaturgo. Em 2002, Meninos do Mangue foi o grande destaque nos concursos literários, recebendo, da Câmara Brasileira do Livro, dois Jabuti's (de Melhor Ilustração e de Melhor Livro Juvenil) e, da Fondation Espace Enfants (FEE), Suiça, o Grande Prêmio Internacional. Para o teatro, ele escreveu os textos de Uma história de boto-vermelho (1992), O país dos mastodontes, Curupira e Festa no céu


 Prêmio Jabuti - Câmara Brasileira do Livro:
  • 1993 Melhor Ilustração: Fita verde no cabelo, de Guimarães Rosa
  • 1997 Melhor Ilustração: Que bicho será?, de Angelo Machado
  • 2002 Melhor Ilustração e Melhor Livro Juvenil: Meninos do Mangue


    Melhor Ilustração - Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ)
  • 1994: O macaco e a boneca de cera, de Sonia Junqueira
  • 1995: A cristaleira, de Graziela Hetzel
  • 1996: Maria Teresa, de Roger Mello
  • Hors Concours 1997: Griso, o Unicórnio
  • Hors Concours 1998: Cavalhadas de Pirenópolis


    Prêmio "Luís Jardim" - Livro de Imagens - FNLIJ
  • 1991: A flor do lado de lá
  • 1994: O gato Viriato
  • 1995: O próximo dinossauro
  • 1997: A pipa


    Prêmio "Ofélia Fontes" - O Melhor para a Criança - FNLIJ
  • 1996: Bumba meu boi bumbá
  • 1999: Todo cuidado é pouco!


    Prêmio "Orígines Lessa" - O Melhor para o Jovem - FNLIJ
  • 1995: Uma história de boto-vermelho


    Prêmio "Monteiro Lobato"
    União Brasileira de Escritores / Fundação Biblioteca Nacional
  • 1994: Coleção Infantil, abrangendo projeto gráfico, texto e ilustração. COLEÇÃO ASSIM É SE LHE PARECE (Chamuscou não queimou; Cropas ou praus?; Nem assim nem assado; Quem acorda sonha; Se faísca ofusca; Vou ali e volto já), textos de Angela Carneiro et al. Il. Roger Mello et al.


    Prêmio "White Ravens" - Alemanha
    Biblioteca da Juventude Internacional
  • 1996: Bumba meu boi bumbá
  • 1996: Maria Teresa


    Indicação para a Lista de Honra do IBBY 1998 pelo conjunto da obra
    Internacional Board on Books for Young People


    Le Prix international Espace-Enfants

  • 2002: Meninos do Mangue


    Além do Prêmio Adolfo Aizen, pela União Brasileira dos Escritores;
    Prêmio APCA, da Associação Paulista de Críticos de Arte;
    V Prêmio Coca-Cola de Teatro Infantil (1992) e Prêmio Mambembe
    (para a peça Uma história de boto-vermelho, Melhor Texto para Crianças). 
  •  
  • Fonte:  http://caracol.imaginario.com/autografos/rogermello/index.html