sábado, 2 de abril de 2016

COMENTANDO MINHAS LEITURAS - A SERVIDÃO DIÁRIA 2

O escritor Manoel Onofre Jr  dá continuidade ao seu diário e lançou recentemente " A Servidão Diária 2", livro que à semelhança do primeiro, traz como proposta principal  ser nas mãos do leitor um jornal literário. Começo dizendo que não gostei da capa.  Poderia ser uma  condigna com o conteúdo e a mensagem do texto, mas ao meu ver não foi. Passa a ideia que é um livro triste, escuro, o que na verdade não é.  Nele, Manoel Onofre Jr  nos dá a conhecer um pouco da sua vivência no ano  compreendido de 7 de agosto de 2014 a 7 de agosto de 2015.  Lê-lo é ter um encontro com a própria cultura do autor que nos apresenta seus autores  preferidos, suas músicas, suas memórias, sugestões de leitura, seus gostos culinários, sua infância, os filmes,  etc. Manoel Onofre nos leva a um passeio onde a dimensão do tempo está sem o controle do relógio e a própria geografia encontrada no diário é  ampla, passando por paisagens, economia e política. É tudo escrito de uma forma tão peculiar, que o leitor tem  a sensação que conversa com o autor. Se me perguntarem: -Vai continuar lendo o autor? Responderei: -Batatal ( é certo, não tenha dúvida).


Livro: A Servidão Diária 2
Autor: Manoel Onofre Jr
Gênero:  Memórias
Editora: Sarau das Letras
Páginas: 152
Leitura: 30 e 31 de março 2016