sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

APARÍCIO FERNANDES E SUA FÉ

"Bebe o vinho da tua taça e depois sorri à taça vazia, porque depois da morte existirá apenas a misericórdia ou o nada", com estas palavras do poeta persa, Omar Khayamm, quero escrever algo sobre a fé vivida pelo escritor Aparício Fernandes.
Embora eu não concorde plenamente com o pensamento do poeta acima, respeito sua filosofia. Assim também como não sou adepto da religião que Aparício Fernandes viveu, mas reconheço que com ela e através dela ele foi melhor do que sem a mesma. Aparício Fernandes acreditava na doutrina Espírita, pregada pelos Kardecistas.
De seu próprio punho assim ele escreveu: "Acredito na teoria das vidas sucessivas e na evolução do espírito através das incursões à matéria"¹. Acreditava fortemente em Deus e no que dependeu dele teve paz com os homens. A morte nunca foi problema para ele, sobre ela ele afirmou: " A morte é a coisa mais importante da vida, porque somente ela é certa e inevitável"².
Eis aqui, mais um pouco sobre Aparício Fernandes. Poeta, escritor, trovador, antologista, pai amável, esposo apaixonado, amigo de ouro e tantas outras qualidades. Breve escreverei sobre ele e sua família.


¹ Obras Completas de Aparício Fernandes, página 97. Campeão Gráfica Editora Ltda. 1983
² Idem, página 61