quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

BRINQUEDOS DE ANTIGAMENTE I


Na década de setenta, quando eu morava na cidade de Ceará Mirim, havia sempre em frente as grandes casas comerciais, além do próprio mercado público, adolescentes e rapazes com carros de pescoço. Eles serviam para brincar, mas também para ganhar um dinheiro extra, levando as compras que eram feitas nos armazéns até as residências dos clientes. Os carros de pescoço perderam seu espaço para os carros de mão. Lembro-me bem que lá em Tudo Rico existiam vários carros iguais a este para levar as bancas das feiras.